Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / História / História do Município / História do Municipio de Pinheiro

História do Municipio de Pinheiro

por Nerialdo Ferreira Moreira última modificação 09/02/2017 07h06

Pinheiro tem sua fundação atribuída ao  capitão Inácio  José Pinheiro,   pecuarista       e       fidalgo alcantarense que, segundo a maioria  dos   relatos, teria partido de Alcântara em  busca  de  um  local para a instalação de uma  nova  fazenda. A  30  de março de 1819, ao atingir os campos do Pericumã, o capitão teria cumprido seu intento.

Mas   essa   cronologia     ganhou      toques    de controvérsia. Estudos   recentes,   efetuados     por Aymoré Alvim,  dão  conta  de   que  em  1807,    o capitão-mor Inácio Pinheiro,   comandante  da Vila Alcântara, teria procurado o governador,   capitão-geral do Maranhão, D. Francisco e Mello Manuel da Câmara, para relatar que, em 23  de  novembro do ano de 1806, seguindo  ordens  de  seu antecessor, Antônio  Carlos  Saldanha, havia  estabelecido uma povoação entre as terras de Alcântara e Guimarães denominada Lugar do Pinheiro.

Controvérsias  à  parte,  duas   datas    merecem destaque na cronologia de Pinheiro: o ano de 1855 quando  a  Lei  Provincial  n° 370  de  26  de  maio criava a Freguesia de Santo Inácio de Pinheiro;   e, o de 1856 quando, por meio da Lei Provincial  439, de 3 de setembro, Pinheiro é  elevada  à  categoria de Vila.

De   característica   peninsular,     a     localidade limitava-se ao Norte e Oeste com Santa Helena;  a leste,  com  São  Bento  e  ao  sul  e sudeste, com o município de Viana.

A Vila de Pinheiro cresceu  à  margem  esquerda do  Pericumã,   abraçada   por   verdes   campos   e impulsionada   pela   agricultura  (  arroz,  algodão, milho, entre outros cultivos de subsistência), comércio e extrativismo.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Acesso à Informação

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo site?

Sim, gostei
Não gostei
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 35